FILHOS DE IMPÉRIO E PÓS-MEMÓRIAS EUROPEIAS
FILHOS DE IMPÉRIO E PÓS-MEMÓRIAS EUROPEIAS

IDENTIDADES INTERGERACIONAIS

MEMOIRS tem como objetivo analisar as memórias herdadas pelos filhos e netos da geração que viveu os processos de descolonização de territórios dominados por Portugal, França e Bélgica no continente africano – República Democrática do Congo, Argélia, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe. A herança colonial europeia irá ser reinterrogada a partir de entrevistas e da análise comparada de representações de segunda e de terceira geração, influenciadas pela pós-memória das guerras coloniais e do fim dos impérios. O projeto tem por desígnio central compreender a diversidade pós-imperial europeia – uma sociedade multicultural marcada pelo resíduo de impérios, só aparentemente esquecidos.