FILHOS DE IMPÉRIO E PÓS-MEMÓRIAS EUROPEIAS
FILHOS DE IMPÉRIO E PÓS-MEMÓRIAS EUROPEIAS
MENU

Ciência na Sociedade

  • 25 mai 2017 | António Pinto Ribeiro
    Lançamento do seu livro África, os Quatro Rios com apresentação de Margarida Calafate Ribeiro

    África, os Quatro Rios – a representação de África através da literatura de viagens europeia e norte-americana, 1958-2002 evoca quatro grandes rios africanos – o Níger, o Zambeze, o Nilo e o Congo – para a partir deles nos oferecer uma reflexão sobre as representações de África registadas na literatura de viagens do Ocidente. Considerando, num primeiro momento, um conjunto de textos de viajantes dos séculos XVIII e XIX, posteriormente o autor concentra-se na análise de três de autores europeus e um de um autor americano, cujos percursos decalcaram rotas ao longo dos grandes rios africanos referidos: Ébano. Febre Africana, de Ryszard Kapuscinski, Aventuras em África, de Gianni Celati, Baía dos Tigres, de Pedro Rosa Mendes e Viagem por África, uma viagem por via terrestre entre o Cairo e a Cidade do Cabo, de Paul Theroux.

  • 31 mar 2017 | Biblioteca Municipal de Mêda

    "O fenómeno colonial na banda desenhada", CES vai à escola

     

    Ao longo de 2017, a equipa de investigação estudará as presenças e permanências do fim do período colonial na banda desenhada de três países (Portugal, Bélgica e França). No âmbito do CES vai à escola, pretendemos dar a conhecer algumas das bandas desenhadas mais importantes nesta perspetiva, nomeadamente Vampiros (2016, Filipe Melo, Juan Cavia), Carnets d’Orient (Cadernos do Oriente) (Jacques Ferrandez, 1989-1995 e 2002-2009) e Les Jours Heureux (Os Dias Felizes) (Warnauts e Raives, 2015 - 2016). As sessões têm por objetivo apresentar as características formais destes volumes e discutir a maneira como representam o fim do período colonial (nomeadamente as guerras no caso português e no caso francês). A equipa pretende igualmente mostrar como a banda desenhada contemporânea tem lidado com questões tão complexas como o colonialismo, a representação da violência e a transmissão intergeracional das memórias coloniais.

  • 25 mar 2017 | Jardim de Inverno,  São Luiz Teatro Municipal, Lisboa

    "O desejo de viver em comum"

     

    O ’viver em comum‘ constituiu, na passagem do séc. XX para o séc. XXI, matéria de debate social e político em que se envolveram pensadores, alternativas políticas e alguns artistas. Era no tempo em que um multiculturalismo de formato light ainda era pensado como possível e que, aparentemente, traduzia uma certa maneira de olhar de alguma urbanidade europeia. Mas deste olhar, ingénuo nuns casos, e cínico noutros, era escamoteado um conjunto complexo de situações explosivas que se têm vindo a manifestar nos últimos 15 anos na Europa e que atingem o seu clímax com a criação da fortaleza europeia contra os refugiados.

    Organização: Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-americana de Cultura 2017 | Entrada livre (sujeita à lotação da sala)

2017

02 dez 2017
Hablas de y sobre las Américas | Org. Passado e Presente – Lisboa, Capital Ibero-americana de Cultura 2017
Jardim de Inverno, Teatro São Luiz, Lisboa

25 mai 2017
Lançamento do livro África, os Quatro Rios, de António Pinto Ribeiro

18h30 | Livraria Pó dos Livros | Av. Duque de Ávila, 58A | Lisboa

31 mar 2017

"O fenómeno colonial na banda desenhada"
CES vai à escola, Portugal

25 mar 2017

"O desejo de viver em comum"  

Lisboa, capital ibero-americana de Cultura 2017, Jardim de Inverno do  Teatro São Luiz, Lisboa

23 mar 2017
PASSA-PORTE | Debate pós-espetáculo, com André Amálio

Auditório do TAGV, Coimbra

21 mar 2017
Guerras da Memória | Ciclo de seminários abertos
CES-UC, Colégio da Graça (Piso 3), Coimbra

05 mar 2017 

Présentation de Cette Guerre et Nous, 2014, Béatrice Dubell​

La Colonie, Paris

25 fev 2017 

Présentation de Retour en Algerie, 2014, Emmanuel Audrain

Cinéma Luminor, Paris

24 e 25 fev 2017 

"O fim do colonialismo na Banda Desenhada: Portugal, França e Bélgica"

Mostra de Ciência 2017 FCTUCCentro Comercial Alma, Coimbra

23 fev 2017

Mesa Redonda#2: a peça "Canto do Papão Lusitano" hoje

Teatro da Garagem, Lisboa

2016

11 dez 2016
Debate​/ Antestreia do documentário L’Algérie du Possible (2016, Viviane Candas)
Cinéma La CLef, Paris

26 nov 2016

"MEMOIRS - Children of Empires and European Postmemories"
Festival Porto/Post/Doc/, Porto

24 nov 2016
"MEMOIRS - Children of Empires and European Postmemories"
Ciclo utopias
Teatro Maria Matos, 
Lisboa